quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A lenda dos quadros de Giovanni Bragolin

Vocês já devem ter lido a respeito do quadros desse artista pouco convencional. São as famosas pinturas das crianças que choram.


A história que circula pela internet é que Bragolin nunca conseguira vender sequer uma de suas pinturas.

Frustrado, ele resolve fazer um pacto com o capiroto. Depois de feito o pacto, Bragolin pintou uma série de 27 imagens de crianças chorando. Essas imagens trariam para dentro das casas das pessoas que os adquirissem, maus presságios, energias negativos e enfermidades.



Embora sejam tristes e melancólicos, as imagens fizeram sucesso nas décadas de 70 e 80.

Depois de alguns anos, surgiram relatos dos compradores das pinturas que tiveram suas casas incendiadas. O próprio Bragolin, teria afirmado numa reportagem do programa Fantástico, que os quadros eram amaldiçoados, e ainda fez um apelo: quem os tiver, que os queime.

A reportagem em questão foi desmentida pelo Fantástico, mas a lenda sobre as curiosas pinturas perduram até hoje.

Algumas pessoas afirmam que a morbidez dos quadros é ainda maior: as crianças, protagonistas das imagens estariam mortas.

Para provar essa hipótese, essas mesmas pessoas fazem uma análise mais detalhada dos quadros. Vamos à algumas dessas análises:



Ao prestarmos mais atenção à esse quadro, podemos perceber que há uma mão estrangulando a jovem. Nota-se claramente, os detalhes dos dedos apertando a garganta da menina. Isso, junto ao fato de que suas pupilas estarem dilatadas, mesmo com a presença de luz no ambiente, denotam que a criança estaria morta.


Neste quadro, o menino aparenta estar encostado a uma parede, com o olhar triste para o nada. Perceba que suas pupilas também estão dilatadas, e que se girarmos a imagem, ela mostra a real posição da criança. Deitada no chão, aparentemente morta.


Esta é, ao meu ver, uma das mais bizarras. Alega-se que a menina da imagem teria sofrido uma amputação em seu braço direito. Repare que a cor da manga do braço direito não condiz com o resto da roupa. Afirma-se também que essa parte que parece ser a franja do manto que a cobre, seria o sangue do membro decepado a pingar. Outra coisa relevante também diz respeito ao seu braço, dessa vez o esquerdo. Note como ele parece desproporcional ao resto de seu corpo. Alguns dizem que seu braço estaria deslocado, mas outros afirmam que ele também fora amputado, depositado posteriormente por cima do corpo da menina. Percebe-se também, que a mão está inchada, e seus dedos arroxeados, características comuns de membros necrosados.


Esta menina aparenta não estar morta, mas repare que seus olhos estão inchados e seu rosto cheio de hematomas. Seus braços também mostram marcas vermelhas profundas e sua roupa está rasgada. Pode-se considerar que a criança passou por abusos.



Este mostra um garotinho choroso, com cara de bravo, parcialmente escondido pelas sombras. Entretanto, se prestarmos atenção ao rosto da criança, percebemos que ela não tem o olho direito.


Este garotinho teria sido decapitado, e sua cabeça disposta novamente por cima de seus ombros. Ele estaria usando um cachecol para disfarçar, mas percebe-se que sua cabeça pende um pouco para o lado.


Assim como o garotinho da foto anterior, este também teria sofrido uma decapitação. Sua cabeça não está alinhada ao corpo e seu pescoço não aparece.


Essa imagem é intrigante. Existem duas sobras na imagem: a da criança à esquerda de quem está vendo a pintura, e outra desconhecida à direita. Perceba que a sombra da direita, porta o que parece ser um chapéu. Ou seja, a criança está encarando uma pessoa de chapéu, provavelmente seu algoz. Ela está aterrorizada e parece prever seu destino. Curiosamente, essa mesma porta de madeira aparece em várias outras pinturas, como na quarta e sexta imagens.

17 comentários:

  1. Minha vó tem um quadro igualzinho ao da menina com o braço amputado .

    ResponderExcluir
  2. MDS Q DIMAIS GENTE .. KK VIVA AS GENTE MORTA

    ResponderExcluir
  3. MAS AGORA TO ATE COM MEDO QUAL SITE CONSIGO TODAS AS FOTOS

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar mas nunca tinha me aprofundado no assunto...

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. mentira, tuve la ultima la pintura, se la regalaron a mi mama por que me parecía mucho de niño, y puedo decir que no quemo nada

    ResponderExcluir
  7. teve dois desses na casa d emeus pais , o da menina amputada e outro que raramente se ve,nao sei o nome.oque sei e que analisando agora depois de 30 anos,houve sim algumas mudanças muito negativas depois da chegada dessas imagens.
    Essas mudanças que chamo de negativas , realmente persistiram ate o sumiso deles.parece que gradualmente a ordem se reestabeleceu,mas nunca mais as coisas pareceram tao doces

    ResponderExcluir
  8. Muito legal amei,vi muita coisa ai����

    ResponderExcluir
  9. Eu tenho um quadro do Autor, estou a tentar vender.

    ResponderExcluir
  10. Tudo é uma especulação assim como as pessoas que tem Pareidolia (imaginar formato de rostos em nuvens florestas sombras pedras etc...).

    ResponderExcluir