sábado, 26 de dezembro de 2015

O caso Dolores Barrios

É fato que algumas histórias ufológicas são mais misteriosas pelos fatos dos que pelo contexto geral da mesma. Este é o caso da história narrada à seguir, que ocorreu em agosto de 1954, em Monte Palomar, nos EUA, durante um dos primeiros congressos ufológicos da era contemporânea.


O caso Dolores Barrios tornou-se notoriamente um caso bem conhecido da ufologia, e ganhou repercussão mundial, pois supostamente tratou-se de um contato direto de interação entre extraterrestres e uma sala cheia de seres humanos.

O evento referido ocorreu no congresso ufológico que aconteceu nos dias 07 e 08 de agosto de 1954, no topo do Monte Palomar, California, a uma altitude superior a 6.000 pés, em frente ao Skyline Lodge. Este congresso foi promovido por George Adamski, Truman Bethurum e Daniel Fry, nomes bem conhecido na comunidade ufológica. Mais de mil pessoas compareceram ao evento, de jornalistas americanos, agentes do FBI, testemunhas de contatos extraterrestres e até curiosos.


Durante o evento, George Adamski estava explicando que os venusianos - uma suposta raça alienígena proveniente de Vênus - eram muito parecidos com os seres humanos, e que eles tinham se infiltrado em nossa sociedade, vivendo clandestinamente nas grandes cidades. Ele também apresentou uma pintura artística que descreve um humanóide venusiana, muito semelhante aos humanos caucasianos loiros, com altura e estrutura corporal padrão parecida com a dos seres humanos, porém de pele alguns tons mais escura do que a dos escandinavos.

George Adamski e a pintura de um venusiano.

No final do primeiro dia houve um certo desconforto quando o público notou a presença de dois homens e uma mulher com aparência exótica e muito peculiar entre eles. O rumor de que eram alienígenas disfarçados de humanos começou a circular entre as pessoas. Logo, a semelhança entre essas estranhas pessoas, com a descrição de Adamski dos venusianos começou a chamar atenção.

Um dos homens usava óculos, os três tinham a pele branca e a mulher tinha cabelos loiros.  Até o momento, porém, 3 pessoas estranhas no meio de um congresso ufológico não grande coisa, convenhamos. Eles poderiam ser apenas estranhos olhando as pessoas comuns. Em seguida, um dos participantes aproximou-se do trio e perguntou-lhes, sem muito constrangimento:

"Vocês são venusianos?" A mulher, sorrindo, respondeu calmamente. "Não". O diálogo seguiu:

- Por que você está aqui?
- Porque estamos interessados ​​neste assunto.
- Você acredita em discos voadores?
- Sim.
- É verdade que, como diz o Sr. Adamski, que eles vêm de Vênus?
- Sim. Eles são de Vênus.

O jornalista brasileiro, João Martins, da extinta revista O Cruzeiro também estava presente. Ele entrevistou o trio e de acordo com seu depoimento, a mulher disse se chamava Dolores Barrios e alegou ser design de vestidos. Ela também disse o nome de seus amigos: Donald Morand e Bill Jackmart, ambos supostamente músicos Por fim, ela disse que morava em Manhattan Beach, Califórnia. Durante o resto da conferência, os três ficaram isolados do público e não falaram mais nenhum participantes.

No dia seguinte, no final da reunião, os estranhos visitantes deixaram-se serem fotografados. Martins surpreendeu Dolores ao usar um flash em sua câmera, o que a assustou, e a faz correr imediatamente para a floresta, seguida por seus amigos. Alguns momentos depois, um disco voador foi visto subindo os céus, mas ninguém foi capaz de capturar uma foto.

Parece que as únicas fotos de Dolores e seus amigos são as tiradas por João Martins, e não há nada sobre os três misteriosos em qualquer lugar. Não há nenhuma outra informação sobre de onde eram, seus empregos, referências pessoas, nada.. é como se nunca tivessem existido de fato, e que sua presença foi causada por uma espécie de delírio coletivo.

No entanto, as fotos ficaram para provar que Dolores e seus amigos realmente estiveram presentes no congresso. Aliás, essas provas incontestáveis mostram não só que eles existem, como algo ainda mais misterioso. Veja:


A foto acima mostra respectivamente Dolores Rios, David Morand e Phil Jackmart. Embora as fotos da época sejam péssimas, ainda se nota algo muito estranho no trio, sobretudo em Dolores.



Acima, está supostamente a última foto tirada da mulher, antes dela fugir para a floresta próxima.


Note a estranha protuberância óssea na testa da mulher, estendendo-se até a estrutura nasal.

Agora observe o seguinte:


Aparentemente, Dolores possui 2 glândulas lacrimais no olho esquerdo e 3 no olho direito. Ainda se prestarmos atenção aos olhos da moça, há uma distancia anormal entre os olhos e a pálpebra, o que denota que seus olhos são extremamente fundos, além do comprimento dos cílios, muito grandes.


O companheiro de Dolores, David Morand, também parece ter a mesma protuberância na testa.

A reportagem de João Martins sobre o evento (e sobre o suposto contato extraterrestre) foi lançado pela revista O Cruzeiro no dia 16 de outubro do mesmo ano. Veja um vídeo da edição:


8 comentários:

  1. Adoro o blog! Muito bom ter você de volta.

    Uma opinião, acho que ficaria ótimo uma "divisão" de conteúdo. Sabe, aquelas porrinhas tipo "mistério", "creepypasta", e assim por diante. Não sei como funciona pra fazer e nem estou criticando por não ter, já sou fã do jeito que está.

    Continue o ótimo trabalho, obrigado. ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelos elogios, Sherozo!! <3

      Sobre a divisão, os posts são divididos, sim. Você pode encontrar os tipos de post aqui do lado, (bem em cima dos Parceiros) com o nome "Marcadores" >>>>>>>>>>

      E você também pode vê-los embaixo dos posts na página inicial: http://i1066.photobucket.com/albums/u402/showdomedo/2015-12-27%202_zpsen88s1lq.png

      Abç!!

      Excluir
    2. Obrigado pela info, linds! Blog lindo! ❤

      Excluir
  2. Ja havia lido sobre esse caso. Minha opinião é que são apenas 3 pessoas bem esquisitas, o que num congresso ufológico dos anos 50 não era nada raro. "mas e o resto da historia? A fuga pra floresta, o disco voador?". Puro sensacionalismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tento não dar minha própria opinião nos posts, mas há fatos nesse caso que não me convencem também, mas o post tá aí pra posteridade.

      Excluir
  3. Achei a suposta "venusiana" bem bonita aliás

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir