sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

O mistério do vídeo Blank Room Soup (Soup Torture.avi)



Estava eu perambulando pelas internetcha deboas, quando me deparei com um vídeo bastante peculiar, de pouco menos de 1 minuto No vídeo, um homem, sentado em uma mesa de madeira, degusta o que parece ser uma sopa ou papa, mas não parece gostar do que come, e tem muita dificuldade em se alimentar da mistura. Ainda assim, ele praticamente engole o conteúdo do recipiente, como se fosse obrigado a faze-lo, e usa uma grande colher de madeira para levar a sopa à boca.
Atrás dele, por uma porta aberta, uma pessoa surge, usando uma estranha fantasia. A fantasia consiste em uma roupa toda preta. A cabeça da fantasia é grande, possui olhos escuros e sem expressão qualquer. O fantasiado então fica parado ao lado da porta, observando o homem sentado à mesa, que se esforça para engolir a sopa. Logo após, outra pessoa, trajando as mesmas fantasias surge da mesma porta que o primeiro, e por um longo tempo, observa o rapaz da sopa. Em seguida, um dos fantasiados corre em direção ao homem sentado, e o vídeo se encerra em meio ao grito dele.

Veja o vídeo em questão:


Afinal, o que este vídeo quer dizer? Quem é o homem sentado e quem eram aquelas pessoas fantasiadas?

Primeiramente, vamos nos aprofundar melhor nos fatos e entender de onde vem as fantasias.


Este homem da foto acima é Raymond Persi, um dos grandes da industria de animação. Em seu currículo, Persi carrega nomes fortes do entretenimento como Os Simpsons, Frozen e Detona Ralph, e ainda participou da produção do novo filme da Disney, Zootopia, que será lançado em março de 2016.

De acordo com as informações, em 2005, Persi começou um novo projeto particular. O projeto consistia em criar uma série independente, exclusiva para a internet. A série seria voltada para crianças, e teria como inspiração outras séries infantis de muito sucesso dos anos 90, como Barney e seus amigos, Bananas de Pijamas e Teletubies. Os personagens de seu novo projeto eram os simpáticos RayRays, bonecos de grandes cabeças, olhos negros sem expressão. Notou alguma semelhança?


Persi criou um perfil no Dailymotion, destinado à compartilhar os vídeos dos Rayrays ao público, mas o projeto não vingou, e a série foi encerrada em 2008, com apenas 10 vídeos postados no canal. O motivo é incerto.

Porém, ainda em 2005, algo estranho aconteceu. Aparentemente alguém invadiu o estúdio pessoal de Persi, que fica em sua própria residência, e afanou 2 das fantasias dos Rayrays que lá se encontravam, Curiosamente, estes foram os únicos objetos da casa a serem levados pelo(s) suposto(s) invasor(es), mesmo com tanto dinheiro e objetos de valor no local. É como se a intenção do assalto fosse apenas levar as fantasias. Mas por quê levar duas fantasias de personagens que pouquíssimas pessoas conheciam? A resposta veio cerca de um ano depois.

O usuário adana postou o vídeo em meados de 2006, com o nome "soup torture" (sopa de tortura) e com a descrição "Personagens japoneses em um vídeo bizarro". Além desse, há apenas outro vídeo de 29 segundos, onde há uma imagem das estranhas figuras fantasiadas (agora são 3, e em formato de desenho) no centro da tela. Uma musica animada toca no fundo, e imagens de crianças pop upam em volta deles. Nada demais, até. Voltemos ao Soup Torture.

O vídeo ficou esquecido por 9 anos nos confins do Youtube, até que em 2014, outro usuário do Youtube, o SomeOrdinaryGamers encontrou o que supostamente é a primeira parte de Soup Torture.avi na Deep Web, e o compartilhou, viralizando o mesmo instantaneamente. 

No vídeo, o mesmo homem está sentado tomando a mesma sopa, e o mesmo boneco surge da porta. No entanto, diferentemente do primeiro vídeo, o fantasiado se aproxima do homem na mesa e passa a acariciá-lo (não é pornô), o que o deixa visivelmente desconfortável e assustado. O rapaz então começa a chorar, e alguns segundos depois, o outro Rayray surge, e também o acaricia. Pouco tempo depois, o vídeo acaba. No entanto, o mistério persiste.

Veja:


Semanas depois, outra usuária do Youtube chamada ReignBothHorror postou o vídeo "Blank Room Soup.avi EXPLICADO", onde ela supostamente teria entrado em contato com Raymond Persi através de e-mails. Persi teria contado a ela que já tinha conhecimento do vídeo, que fora mandado à ele anos antes.

No e-mail recebido pela dona do canal, Raymond contou que criou os personagens como uma forma de expressar seus sentimentos de solidão e isolamento, sentimentos esses que sentia com muita frequência na época. Sobre o roubo das fantasias, Persi confirmou o caso, mas disse que foi durante uma apresentação dos personagens em um Club. Depois da apresentação, ele contou, enquanto eles recolhiam os equipamentos usados na apresentação, as fantasias foram roubadas de dentro do camarim. Semanas depois, ele teria recebido um e-mail contendo um arquivo .avi. É escuso dizer que o arquivo tratava-se da segunda parte do vídeo Soup Torture, compartilhado pelo canal adana.

Ele então upou o vídeo em seu canal no Dailymotion para mostrar aos amigos, e acabou por esquecê-lo.

Raymond contou que a parte mais estranha do vídeo era que os homens fantasiados se moviam exatamente como os personagens deviam se mover, o que é curioso, pois os atores por trás dos Rayray precisavam treinar por muitas semanas para conseguir os movimentos suaves e infantis dos personagens. Persi ainda terminou dizendo que não contactou a polícia por achar que tratava-se de uma pegadinha de mau gosto.

Os comentários no vídeo foram muitos, tantos que a dona do canal acabou por desativá-los, mas um deles chamou atenção, sobretudo pela suposta história por trás de Soup Torture.avi, que é tão perturbadora que não passaria na mente do mais cruel e sádico dos roteiristas de filmes de terror. O comentário dizia que homem da gravação era um criminoso, e que estava pagando por seus crimes. Ele teria sido sequestrado, junto de sua esposa. Ambos foram deixados em cativeiros separados, sem comida ou água por um longo período de tempo. Quando o homem estava beirando a morte por inanição, os sequestradores mataram sua esposa, desossaram-na, e usaram sua carne para fazer a tal sopa, que obrigaram o homem a comer. Em fóruns da Deep Web, as pessoas reforçam essa tese, embora não tenha certeza se a carne usada na preparação da iguaria era de sua mulher ou de outra pessoa.

É claro que muita gente duvida dessa hipótese. Evidências mostram que, não só a lenda de Soup Torture.avi, mas como toda a criação dos personagens não passou de uma jogada de marketing muito bem elaborada (que não surtiu efeito nenhum, diga-se de passagem), com o intuito de promover a banda Stolen Babies. Inclusive, a dupla Rayrays faz muitas aparições no clipe da música Push Botton (pra quem não tem saco, eles aparecem aos 2:55, mais ou menos):


Outra informação que pode reforçar essa tese está no perfil RayRay Tv no Metacafe, uma espécie de Youtube cagado que foi desativado. Atualmente, a maioria dos vídeos no Metacafe não podem mais ser reproduzidos, no entanto, o site ainda nos permite ver as miniaturas e a descrição dos mesmos.

Observando o perfil RayRay Tv no Metacafe, encontramos a seguinte miniatura:



A descrição diz o seguinte: "Um baterista desaparecido. Um beco solitário. Talvez RayRay tenha a resposta." Gil é o nome do baterista da banda Stolen Babies, que, é claro, não desapareceu porra nenhuma. Note também que, de acordo com a descrição, o vídeo foi dirigido e editado por Raymond Persi. E adivinhem o nome da cantora da banda? Dominique Lenore Persi. Coincidência? Acho que não. 

E aí, em qual história você prefere acreditar?

10 comentários:

  1. Muito estranho esse creepypasta, pq escutei muito Stolen Baby em 2008 e nunca ouvi falar desse video kkkkkkk A banda é muito boa!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não conhecia a banda, achei.. fofa HAHA!

      Excluir
  2. Nao pode ser so isso fa faltando alguma coisa,como esse video da sopa,as fantasias foram roubadas o video e meio estranho eles falaram que foram pra promover isso. E memtira pura tem algo por trais disso ainda

    ResponderExcluir
  3. good for my view, all they are talking about the video, this attachment without any, has not even how to connect things, that at what I know, among the first to see the video was the owner of fantasies, that is did it with the intention of making Raymond Persi believe it was just a joke, however the costumes were not returned and Raymond Persi not even made any complaint to the police and not even try to find out who the fools who did this ....
    My only conclusion that, would that Raymond Persi this but with participation in this video, and wanted to promote not to him, but rather his character Ray Ray, who by another fortune had not worked before, and the video became more known and They gained prominence even in a clip in a band. END..

    ResponderExcluir
  4. "Metacafe, uma espécie de Youtube cagado que foi desativado." essa parte ficou muito massa! kkkkkk!

    ResponderExcluir
  5. a propósito, que banda RUIM!!!!!!

    ResponderExcluir