quinta-feira, 16 de outubro de 2014

A verdadeira história de Bathsheba Sherman, a bruxa do filme The Conjuring

Antes de prosseguirmos com a postagem, deixo aqui um esclarecimento àqueles que, infelizmente, não aprenderam na escola a interpretar texto. O post abaixo não diz em qualquer parte que os acontecimentos ocorridos com a família Perron são falsos ou que o filme é ruim, apenas abre dúvidas quanto à identidade do espírito que assombrava a residência, bem como as alegações de que Bathsheba era uma bruxa. É só colocar a cabeça pra pensar: qualquer idiota sabe que os demônios usam a mentira como uma das maiores armas contra nós. Não seria de se supor que o demônio que atormentava os Perron com certeza mentiria sobre sua identidade, usando o nome de uma pessoa falecida, que não pode se defender mais, para esconder a sua identificação?

Em relação ao "baseado em fatos reais", à "ficção" ou sobre a "liberdade poética", que tanta gente vomitou nos comentários não significa que a imagem de uma pessoa REAL possa ser difamada ao bel prazer de roteiristas e diretores, só pra dar emoção a um filme.

É triste, muito triste mesmo, ver que tanta gente se doeu por eu dizer que a alegação de que Bathsheba era uma bruxa pode ser falsa, ao invés de se sentirem felizes em descobrir que a mulher não matou os próprios filhos recém nascidos de forma bruta em homenagem ao Capiroto. Tem pessoas que me dão nojo..

É com esse clima agradável que começamos o post:

A leitora Isabelle Fontaynes me pediu (há muito tempo) um post sobre Bathsheba Sherman, a bruxa que dizem ter assombrado a fazenda Arnold e a família Perron, no caso de assombração que ficou conhecido depois do filme The Conjuring. Então, aproveitando a estréia de Annabelle, filme sequencia de The Conjuring nos cinemas, eis o post prometido. Conheçam a verdadeira Bathsheba Sherman, a bruxa de Harrisville:



Há muitas histórias sobre Bathsheba pela internet. Desde mãe dedicada à bruxa sanguinária, Bathsheba ganhou fama de adoradora de Capirotos depois do filme The Conjuring. Mas será que todos esses boatos e histórias são verdadeiras?


Em uma das histórias contadas, Bathsheba teria nascido em 1812, e seria parente de Mary Towne Eastey, uma das mulheres executadas por bruxaria em Salém, em 1692. Em 1863, ela teria se casado com Judson Sherman, um rico fazendeiro. Ambos se mudaram para a fazenda Arnold e ela teria dado à luz pouco tempo depois. Após completar uma semana do parto, o marido supostamente pegou Bathsheba sacrificando o próprio filho em nome do próprio Diabo. Logo após, Bathsheba subiu em uma das árvores da propriedade e acredita-se que ela teria se enforcado enquanto proclamava sua adoração ao Sete Pele. Logo depois disso, a propriedade ganhou fama de "amaldiçoada".

Outras menos explícita contam que na verdade, Bathsheba e Judson tiveram muitos filhos, mas que uma das crianças - mais precisamente o mais novo, ainda bebê - teria sido encontrado morto, com uma agulha de trico enfiada em seu crânio. Na verdade não há um consenso quanto à que família a criança pertencia. Alguns dizem que o bebê era, na verdade, um dos filhos de um dos vizinhos, a quem Bathsheba prestava serviços de babá, enquanto outros afirmam que a criança era filho da jovem. Bathsheba fora então, acusada da morte da criança, e posteriormente julgada. Muitos locais então, passaram a espalhar boatos de que a morte do bebê fora um sacrifício ao Capiroto. Não havendo provas de que a morte da criança teria sido causada pela jovem, tampouco que Bathsheba estava de fato envolvida com bruxaria, ela fora inocentada, mas as difamações e boatos custaram-lhe a alegria. Bathsheba, conta-se, era muito bonita e muitas das mulheres locais cobiçavam-lhe a beleza, e essa inveja pode ter sido responsável pelos rumores. Bathsheba tornou-se então, uma mulher muito amargurada e passou a tratar mal os funcionários da fazenda, incluindo com tortura física. Diferentemente da primeira história, Bathsheba não teria se enforcado; a história conta que a mulher viveu até os 76 anos, quando sofreu um estranho caso de paralisia que os médicos da época simplesmente desconheciam. Seu corpo ficou tão enrijecido que parecia ter se transformado em pedra. Esta estranha morte só alimentou mais os rumores de bruxaria envolvendo Bathsheba.

A casa da fazenda Sherman.

Você deve estar se perguntando: "Tia Metzger, afinal qual das duas histórias é a real?" Nenhuma. A bibliografia de Bathsheba é bem menos interessante e assustadora do que se imaginava.

De acordo com o site Dreaming Casually, cujo a autora fez uma longa pesquisa sobre a vida de Bathsheba, a jovem foi apenas uma dona de casa ordinária.

Ela realmente teria nascido em 1812, filha de Efraim Thayer e sua segunda esposa Hannah Taft. Seu nome seria uma homenagem à primeira esposa do pai, que também se chamava Bathsheba. A jovem teria se casado muito tarde, com cerca de 30 anos, com Judson Sherman, com quem teve 4 filhos. A primeira mentira contada sobre Bathsheba diz respeito à fazenda onde morou com o marido. Na época, as fazendas eram nomeadas com o sobrenome das famílias a quem pertenciam. A fazenda onde Bathsheba e o marido viveram chamava-se, portanto Sherman, e ficava à sudeste da propriedade dos Arnold. Infelizmente 3 das crianças do casal morreram muito jovens, o que, pra época era algo comum devido às doenças e até mesmo à idade da moça. Seu único filho sobrevivente Herbert Leander Sherman nasceu março de 1849 e há registros do garoto nos censos dos anos 1850, 1860, 1870 e 1880, provando que Herbert não só estava vivo, como também vivia com os pais e, mais tarde com a esposa e filhos.

Mapa das fazendas.

Não há qualquer registro de uma criança que teria morrido empalado no crânio com uma agulha de tricô ou qualquer outra forma semelhante. Também não há registros de quaisquer mortes estranhas ou alegadas irregulares de qualquer tipo. Os três filhos de Bathsheba mortos ainda criança, além do marido Judson Sherman estão enterrados ao lado do túmulo da mulher no cemitério histórico de Harrisville. Bathsheba
Lápide de Bathsheba.
também não teria se enforcado, nem "virado pedra". Sua morte ocorreu devido a um acidente vascular cerebralem 25 de maio de 1885.

Agora faça uma pergunta a si mesmo: sabendo-se que a comunidade de Harrisville era uma comunidade estremamente cristã, se Bathsheba fosse mesmo uma bruxa, ou se houvesse o mínimo de rumores de que a mulher estivesse envolvida com magia, você realmente acredita que eles deixariam que a jovem fosse enterrada no cemitério, juntamente com a própria família? Aliás, o Reverendo AH Granger, o ministro da igreja batista a qual a família Sherman frequentava, não só elogiou Bathsheba, como também escreveu o obituário da mulher nos jornais quando ela morreu. Você acha que a igreja teria lhe dado um funeral ou mesmo mencionado seu nome no obituário do jornal, se de fato Bathsheba fosse envolvida com bruxaria? Não, Bathsheba não era uma bruxa, nem era uma assassina.

"Mas tia Metzger, então o filme The Conjuring é tudo mentira?"

Minha função aqui não é questionar ou desmentir ou descobrir farsas, apenas expor informações. Os fatos encontrados estão acima, cabe à você interpretá-las..

72 comentários:

  1. E é por isso que eu não acredito em histórias de filmes de terror. Ta-da.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois dessa, nem eu vou mais acreditar..

      Excluir
    2. o Filme Invocação do mal, é "baseado em fatos" ou seja eles pegam casos reais e adaptam para os cinemas, e distorcem algumas partes da história para dar credibilidade, essas informações acima citadas, também nem toda é verdade, o tumulo apresentado acima não está no cemitério da cidade, e sim no cemitério no terreno da fazenda Arnold, assim como os outros donos que existiram antes, a fazendo sherman faz parte do terreno da fazenda arnold que foi loteada e vendida, ou seja, bathsheba foi acusada de bruxaria, porem não foi provado, não se tem registros de como bathsheba era verdadeiramente, apenas os rumores de um suposto assassinato e de adoração ao satanas, mas NADA é dado nem contra nem a favor da mulher, se quiserem conhecer melhor a história de Invoicação do mal leiam o livro de Andreia Perron, são tres volumes onde ela conta sobre os fatos ocorridos em sua antiga residencia.

      Excluir
    3. Arrasou!!
      Qual o nome do livro de Andreia Perron?!

      Excluir
    4. Arrasou!!!!!!!!!

      Excluir
    5. Só por isso? Eu não acredito pq fantasmas não existem mesmo.

      Excluir
  2. Gente, eu TÂNHO que ver esse firme da annabelle, fui no cinema na quarta pronto pra ver o filme, e eis que minha prima me arrasta pra cer boxtrolls, butao, eu tava crente q ia ver a pórra do filme da Nábele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que eu ainda não fui assistir tbm?

      Excluir
    2. Eu vi, é manerin. Vamos combinar: esse não é o primeiro caso de falso "baseado em fatos reais", mas de uma forma ou de outra essa tiazinha existiu né? kkkk.

      Sugiro até um post sobre falsos "baseado em fatos reais". Posso te dar uma força com a matéria se quiser (e aí depois eu kibo e.e)

      Excluir
    3. Uma puta idéia, Leon! Vou tentar me organizar e te falo <3

      Excluir
  3. A frase "baseado em fatos reais" tem a mesma credibilidade que o "ordem e progresso" da bandeira ou os benéficios dos shampoos pra cabelo, TUTO é papo furado as únicas criaturas sobrenaturais que existem são o Porco-aranha e as Succubos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é.. depois dessa eu confesso que fiquei desacreditada com isso tbm..

      Excluir
  4. Acho que cada um tem o livre arbítrio para decidir no que quer acreditar, mas demônios de fato existe, entidades de fato existe, assim como Deus de fato existe, a " história verdadeira " sobre Bathsheba pode ser verdade, é o que eu creio e as provas demonstram, de fato, como você falou no blog, se Bathsheba fosse uma bruxa na época em que viveu, com certeza ela seria queimada, e a igreja era a primeira a condenar ela a morte, mas o filme conta a história dos Perón , a história da casa , quando eles dizem " baseado em fatos reais " quer dizer que eles ouviram uma história e decidiram contar de maneira intrigante, tanto que a casa de fato existe , e dizem que de fato a casa é assombrada, a única coisa que pode ser mentira é a história de Bathsheba citada pela família, ate porque entidades não revelam nomes, a não ser que sejam obrigadas em um exorcismo, eu acho q alguns filmes de terror são histórias realmente contadas pelas pessoas q os vivem e modificadas para ganhar mais audiência, diferente da Bruxa de Blair que é tudo mentira, e assim q assisti o filme percebi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só quero reiterar que o foco deste post não foi falar sobre os Péron, e sim sobre Bathsheba.

      Desculpa, eu não entendi muito bem qual foi o intuito do teu comentário, fiquei um pouco confusa se tu gostou ou não HAHA! Se foi pra defender a história dos Péron, fique tranquila que em nenhum momento eu coloquei em dúvida a versão deles, inclusive, caso queira, aqui vai o link que fala sobre a verdadeira história de Harrisville: http://showdomedo.blogspot.com.br/2014/02/harrisville-historia-real-do-filme.html

      Excluir
    2. baseado em história real, assim como invocação do mal, a bruxa de blair temn sua história que foi mudada para o cinema.

      Excluir
    3. Metzger, não, o que você relata é muito bom, gostei da história, mas faz tanto tempo que comentei esse poste que infelizmente não lembro qual foi o real motivo do comentário. Kkkk

      Excluir
    4. "Demônios realmente existem"

      Prove. E não, não são alguns filmes de terror, TODO filme de terror é ficção.

      Excluir
  5. Acho que a historia do site e verdadeira mas a do filme tb o é, acontece que filme foi feito para vender, e uma romanceada, "sempre é bem vinda", pegaram Batseba "pra cristo", porem, como os fatos da pesquisa desmente isso, provavelmente foi outra mulher, que sabe-se la Deus o pq, nao falaram o nome dela...sei la..acho que pode ser isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pode ter sido outro espírito como pode muito bem ter sido a própria Bathsheba quem assombrou a família. Meu foco no post não foi desmerecer ou desmentir o que os Péron passaram (aliás, quase nem citei a família no post), e sim, tentar elucidar a história de Bathsheba, que. ao contrário do que insistem em dizer, não era uma bruxa assassina de crianças coisa nenhuma, e sim uma dona de casa comum.

      Excluir
    2. Seja como for FILMAÇO (eu gostei pelo menos),vc sabe que nao encontrei mais nada parecido com Conjuring(de assustador), sei la, o filme , para mim, foi tao bom que, nao consegui me assustar muito igual nesse, vc tem alguma sugestao "escabrosa", nesse sentido de filme, baixei um monte e nada foi tao legal qnto...o MAXIMO foi Exorcismo de Emyli Rose, no demais...., se tiver uma sugestao escabrosa agradeço!

      Excluir
    3. Difícil dizer.. eu já tenho tantos anos de filmes de terror que é muito difícil eu me "assustar" realmente.. mas sempre tem aqueles filmes que são legais de uma outra forma. Procure na aba "Quarta do Terror", alguns dos filmes que apresento lá são muito bons ;)

      Excluir
    4. Sugiro "Livrai-nos do Mal", um dos melhores filmes que terror que eu já vi! Na verdade esse e "Invocação do Mal 2" são os 2 melhores pra mim.

      Excluir
  6. O post é super interessante e o filme melhor ainda! Se realmente a bruxa não existiu está tudo certo, pois o filme é baseado em fatos reais mas qualquer filme tem q ter ficção tbm...Se não seria um documentário, a bruxa realmente tem ligação com a bruxa enforcada em salem? Se tem...por isso q ela foi a bola da vez, o filme ficaria mais emocionante se tivesse uma ligação com uma das condenadas de Salem (pobres mulheres, vítimas de ignorância e arrogância). Mas desde já digo vão ter q comer muito feijão para fazer um filme melhor q esse e o estudo q vc fez sobre a bruxa está de parabéns! Até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo elogio Kaoana!!

      Excluir
    2. Capaz sou uma amante de filmes de terror e de história! Vc fez um belo trabalho! Eu que agradeço!

      Excluir
  7. Pesso a vc que relate algo no seu blog sobre as bruxas de Salem...é possível? Desde já agradeço. Tenho certeza que será um resumo bem relatado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza q vc vai conseguir!!! Será mto interessante....tem mto conteúdo...Até 2 cachorros foram para dorca...Vai render muitos clicks queridaaaa (risos).

      Excluir
    2. Credo me perdoe pelos erros de português. ....

      Excluir
    3. Tadinhos dos totó T.T

      Prometo que vou tentar, tchuca HAHA!

      Excluir
  8. Bem legal, gostei mesmo. A "histórinha" dela é bem interessante.

    ResponderExcluir
  9. O filme é BASEADO em fatos reais. Vcs sabem o q significa isso? Significa q ele é BASEADO em uma história/evento q aconteceu previamente, não significa q ele é uma reprodução fiel da história q aconteceu.

    ResponderExcluir
  10. O que todo mundo esquece é que o filme, como qualquer obra cinematográfica, tem a chamada "liberdade poética", ou seja, os roteiristas não têm a menor obrigação de serem fieis aos fatos/personagens/lugares/épocas, etc., etc., etc..
    O filme é baseado em fatos reais, mas não se atém a eles, não é fiel a eles. Até porque, a realidade - por mais apavorante que seja - não tem tanta graça, não tem uma introdução para que se chegue ao meio e posteriormente ao fim da história. Na vida real as coisas simplesmente acontecem.

    ResponderExcluir
  11. Então ,você ta enganada por que moro nos estados unidos Carolina do Sul , e todos falam que está história e real...
    Na casa e um museu agora onde VC entra pra ver como era...
    Pra VC fazer uma investigação, você tem que ir lá e saber correr atrás e não ficar vendo coisas de internet pois qual quer pessoa pode escrever o que quiser

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, peço que releia e preste muita atenção nos seguintes trechos, que você pode encontrar no texto acima (para vosso melhor entendimento, vou colocar as partes pertinentes em CAPS LOCK, já que aparentemente em "caixa baixa" você não conseguiu assimiliar: "DE ACORDO COM o site Dreaming Casually [...]" e "Minha função aqui não é questionar ou desmentir ou descobrir farsas, apenas EXPOR INFORMAÇÕES".

      Se, por ventura, você ainda não conseguiu entender, não me lembro de, em qualquer momento do post, dizer que tudo o que está escrito é verdade absoluta, mas sim, que me baseei para criar o artigo mediante as informações que consegui encontrar, na ferramenta que tenho disponível.

      E pra concluir o raciocínio, "ouvir" de alguém, que a história é real, não faz dela crível. Sugiro que você também vá investigar, "ir lá", saber correr atrás e não acreditar no que te dizem também, porque qualquer um pode dizer o que quiser.

      Abç.

      Excluir
  12. Graças a Deus qe nao é vdd, acabei de assistir de novo e tava com medo dela pular de cima do meu guarda roupa.. ufaaa, vou poder desligar a luz agora e dormir tranquila!!! kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha aí, tudo tem um lado positivo HAHA!

      Excluir
  13. Mds sera que o demo da Batsheaba vai puxar meu pe di noite?? :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk creia,tambem pensa va eu assim

      Excluir
  14. Ainda beim que essa historia n eh real uuuufaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  15. Mds sera que o demo da Batsheaba vai puxar meu pe di noite?? :/

    ResponderExcluir
  16. Esse filme e muito bom
    Invocação do Mal

    ResponderExcluir
  17. Invocação do Mal 2
    Estou doido pra ver
    Gostei Muito do primeiro filme

    ResponderExcluir
  18. Esse filme e muito bom
    Invocação do Mal

    ResponderExcluir
  19. Entao, primeira vz que entro aki. Gostei da mátéria, so fiquei espantado c a quantidade de artrópodes que acreditam em assombração ai nos comentários.. kkkkkk to rindo até 2020... kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas pessoas podem até ser artrópodes, mas o mal educado aqui é você.

      Excluir
  20. A historia realmemte aconteceu .. tanto q ouve rumorea das assombracoes presenciadas pela familia perron .. mais afirmar quem eram os fantasmas e meio dificil .. o filme foi baseado na história . Sendo assim possue apenas a historia crua e basica do que realmente aconteceu.e claro q nem tudo e vdd. Procurem na internet os depoimentos

    ResponderExcluir
  21. A hitoria do filme realmente aconteceu . Ed e lorryane ajudaram os perron mais foi deferente da historia abordada no filme .. procurem no YouTube

    ResponderExcluir
  22. A hitoria do filme realmente aconteceu . Ed e lorryane ajudaram os perron mais foi deferente da historia abordada no filme .. procurem no YouTube

    ResponderExcluir
  23. Bacana!

    Algum post sobre o caso da família DeFeo?

    ResponderExcluir
  24. Talvez "tia Metzger" sua fé não seja digna de saber a verdadeira história, então você uma mulher que talvez nunca tenha presenciado nenhum "fato assustador" quer realmente escrever artigos sobre isso, você não descobre farças você é uma farça. Não abale a fé de outros com a"fé" que você não consegue ter. Eu passei minha infância vendo espíritos, sentindo energias boas e ruins, vendo coisas se mexerem e quebrarem sozinhas, como o espelho da minha penteadeira que se espatifou na minha frente, quando eu tinha onze anos enquanto eu ouvia sussurros. Quer uma dica "tia Metzger" presencie algum fenômeno, sinta o medo e sinta uma força extraordinária e não humana se alimentando dele ai sim você saberá comentar esses fatos sombrios com respeito e fé de que aconteceram, afinal não é porque nao relatamos que realmente nao aconteceu

    ResponderExcluir
  25. Bom, eu nao fui desrespeitosa em momento algum, mas ja que vc me outorgou algo que eu nao fiz, a partir de agora eu serei. Primeiramente, Pamela, sugiro fortemente que vc deixe a preguiça, que parece ser enorme em vc, de lado, releia o post e de preferencia, leia também os comentários acima, ja que respondi grande parte das asneiras que vc comentou em outras ocasiões. Segundo, nao suponha que eu nunca tenha passado por "experiencias assustadoras", criança. Ja passei por inúmeras, inclusive ontem, tão ruim que me pus de joelhos e rezei chorando, pedindo a Deus proteção à minha família. Terceiro, nao venha me contar sua vida como se eu fosse sua psicologa. Aqui no blog MUITA GENTE passou por experiências paranormais, outras tantas me mandam email com pedidos de ajuda que fariam vc perder essa sua pompa de sabixona do paranormal, então aqui vc nao vai ser tratada como única, nem vai ter seu ego massageado por ninguém, nem vai ser tratada como coitadinha. Infelizmente, é graças a pessoas como vc, que levam a sério mentiras, que quem realmente sofre com problemas graves não são auxiliados da maneira que devem, e são muitas vezes ridicularizadas. É um desserviço o que vc faz. Por ultimo, ja que vc me agraciou com uma dica (inutil), deixo outro pra vc, a do ótimo - foda-se: perambule pelo blog, leia outras matérias, entre no grupo. Se curtir, ótimo, se nao.. adivinha?

    ResponderExcluir
  26. Olá. Para uma primeira vez no site, estou encantada. rs
    Parabéns Metzger pelo trabalho postado. Sem dúvidas estarei por "estas bandas" sempre que ouder, lendo seus interessantíssimos textos.
    Mais uma vez, parabéns!


    PS: estou batendo palmas para a resposta que vc deu acima ( às 12:00 de hoje). Realmente de uma elegância ....

    abraço!

    Japa.

    ResponderExcluir
  27. Japa, peço perdão por ter te obrigado a ler essa baixaria ai de cima. Eu geralmente não me exalto dessa forma nos comentários, sobretudo de pessoas que claramente cabularam a aula de interpreta de texto, mas quando uma infeliz dessa tira conclusões de informações que aparentemente saíram do cu do djabo, não há paciência que se sustente. De forma geral, todas as opiniões são respeitadas, claro, dependendo do grau de educação em que são expostas, pq eu não sou obrigada HAHA.

    Aproveite e participe do grupo do show do medo no facebook. Infelizmente estamos com as atividades do blog paradas por um tempo, mas eu tento sempre manter os leitores informados sobre a volta do blog por lá! E seja bem vinda! :D

    ResponderExcluir
  28. "Mas tia Metzger, então o filme The Conjuring é tudo mentira?"

    SE ALGUM IMBECIL REALMENTE ME PERGUNTASSE ISSO, EU DIRIA AO IDIOTA QUE O CASAL WARREN REALMENTE EXISTIU. DIRIA QUE SÃO RECONHECIDOS INTERNACIONALMENTE INCLUSIVE PELO VATICANO. DIRIA TAMBÉM QUE A FAMÍLIA PERRON REGISTROU PUBLICAMENTE SUA GRATIDÃO PELOS WARREN E POR FIM, DIRIA QUE O FILME, COMO QUALQUER OUTRO, RECEBE ADAPTAÇÕES QUE O TORNEM COMERCIAL E QUE POR ISSO, HOUVE A EXPLORAÇÃO TALVEZ FANTASIOSA SOBRE BATHSHEBA, MAS ESSE DETALHE NÃO FAZ DO FILME UMA MENTIRA. Simples assim.

    ResponderExcluir
  29. apesar de discordar de alguns pontos citados, sua pesquisa foi muito instrutiva.

    ResponderExcluir
  30. Eu gostei muito do filme, realmente um dos melhores filmes de terror que já assistir. Contudo, é necessário pontuar que embora acontecimentos possam ser considerados fatos, tais como a existência da família Perrom e a participação dos Warrem no caso, não existe nenhuma prova concreta de que algo de natureza sobrenatural percorreu aquela casa. O que existe são relatos fundados em interpretações e na subjetividade, os quais possibilitam diferentes hipóteses. Na medida em que antropólogos renomados como Strauss e Geertz descrevem e argumentam as diferentes possibilidades interpretativas de um evento tomado como sobrenatural, penso ser necessária certa cautela antes de consumar determinado evento ou relato como fato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Mesmo eu, como uma "crente" no mundo paranormal, não posso levar todo e qualquer relato sobrenatural como verdade, primeiramente por não ter provas concretas dos fatos, e por eu não estar lá no momento. Não que eu esteja dizendo que o caso em questão seja mentira, mas também não posso afirmar 100% que seja real. O grande problema é que temos pessoas, (como dá pra notar mais acima nos comentários) que infelizmente se acham no direito de se colocarem como donos da verdade, quando "malemá" tem capacidade pra buscar informações por conta própria antes de terem tanta certeza de um fato que não presenciaram. Em suma, com o perdão da expressão, quero que o cu deles pegue fogo. :)

      Excluir
  31. queria um filme de terror que realmente possa se dizer que é baseado em fatos reais,por que sempre esses filmes de terror tem uma ponta solta na historia,ou seja so ficticeis,isso da uma certa raiva. alguem tem um fime pra mim sujerir com base nisto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Difícil dizer, até porque, hoje em dia, não se pode confiar sequer em documentários. Mas se eu pudesse sugerir um filme "baseado em fatos reais" de boa qualidade, seria A Casa das Almas Perdidas, que conta a história de uma família que passou anos sendo atormentada por um poltergeist. Não posso assegurar 100% que tudo no filme ocorreu de fato com a família, mas pelo menos no longa não tem aquele draminha inventado na maioria dos filmes do gênero.

      http://showdomedo.blogspot.com.br/2013/07/filme-casa-das-almas-perdidas.html

      Excluir
  32. brigada vou agr mesmo procura_ló eu amei o seu site <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu jovem, volte sempre :3

      P.S: se eu não me engano, tem completo no Youtube.

      Excluir
  33. Estava só de passagem, eu assisti invocação do mal no cinema. E queria saber como foi criado, por sorte encontrei seu blog. Gostei de seus conteúdos.

    ResponderExcluir
  34. É bem previsível até que a história da Batsheeba fosse fantasia. Mesmo que a família tenha sido mesmo perseguida por uma entidade, como parece que foi, provavelmente foi um espírito demoníaco, assumindo uma forma assustadora (e porque não um alibi) para atormentar os Perron. Fantasmas não tem poder para fazer 10% do que essa entidade é "creditada" ter feito com a família Perron.

    No início do filme mesmo, no prólogo que incluiu o caso da Annabelle, o próprio Ed Warren afirma que espíritos desencarnados não podem assumir forma de objetos. E é sabido pelos que conhecem minimamente o tema, que espíritos de mortos (mesmo os mais perversos) não podem possuir corpos humanos. Por esse motivo não levei a sério essa história de 'espírito da Batsheeba' desde que assisti o filme, afinal essa contradição não me passou em branco. Embora o filme seja bem assustudar (rsrs)

    ResponderExcluir
  35. Só digo uma coisa a vocês quem é adorador do Diabo não revela os seus segredos mais obscuros​ larguem de ser idiotas pq existem N seitas satânicas por aí que fazem sacrifícios de crianças a própria rede glob de televisão faz isso então assim como existe Deus o diabo tbm ta no meio.

    ResponderExcluir
  36. E outra meus amigos o Diabo é o pai dá mentira então ele assumiu uma forma que já era sua serva

    ResponderExcluir
  37. Já quero um texto/História sobre Herbert(Filho dela)

    ResponderExcluir