sábado, 22 de junho de 2013

6 Histórias Curiosas sobre Viajantes do Tempo


Você acredita que existam máquinas capazes de nos levar ao passado?

Stephen Hawking certa vez, decidiu fazer um experimento para comprovar que viajantes do tempo não existiam. Para tal, ele planejou uma festa exclusiva e totalmente secreta, mas só enviou e disponibilizou os convites depois de terminada. O resultado foi que ninguém aparece em sua festa, o que evidenciou ao famoso físico que viajantes do tempo não são possíveis de existir.

 Entretanto, com o advento da internet, relatos e histórias de pessoas que supostamente conseguiram executar essa proeza vem aparecendo constantemente ao redor do mundo. Conheça 6 casos intrigantes de supostos viajantes do tempo:
1. O CELULAR DE 80 ANOS

Talvez um dos casos mais famosos de viagem no tempo está registrado no filme "O Circo" de Charlie Chaplin. Em uma das cenas, nota-se de maneira muito sutil, uma senhora caminhando pela rua. O fato é que esta senho aparenta estar falando em um telefone celular. Detalhe: o filme é de 1928, e o primeiro telefone móvel só foi aparecer em meados de 1973. Veja a cena:


Algumas pessoas alegam que, na verdade, o que a senhora estaria segurando é um tipo de aparelho auditivo, conhecido como "corneta", como esta da foto abaixo:


Mas, qual motivo teria essa senhora, de se utilizar desse objeto enquanto caminha pela rua desacompanhada. Se você olhar atentamente, poderá notar ainda que a mulher idosa parece "falar", como se realmente estivesse em uma ligação.

2. JOHN TITOR


Outro relato de "viajante" bastante conhecido é o de um homem que alegava se chamar John Titor. Este teria postado em vários fóruns na então engatinhante internet no ano de 2000, com o codinome "TimeTravel_0", que logo após foi substituído pelo seu aparente nome real. Ele dizia ser um soldado americano do ano de 2036, originário de Tampa na Flórida, que foi designado para um projeto governamental de viagem no tempo e que tinha como incumbência coletar um computador antigo com o intuito de depurar diversos programas antigos de computador em 2036. John Titor dava detalhes minuciosos sobre sua suposta época, o que chamou atenção de muitas pessoas. Ele também alertou sobre algumas ameças que o mundo poderia passar, tais como doenças, guerras civis, desastres naturais,entre outros.


 Titor descreveu a máquina do tempo em diversas ocasiões. Em um de suas primeiras postagens, ele a descreveu como "unidade de deslocamento no tempo de massa estacionária alimentada por duas singularidades duplamente positivas que giram no topo", produzindo uma "senoide Tipler deslocada padrão", e possuía uma grande curiosidade sobre OVNIS, que, dizia ele, ainda não haviam sido desvendados em seu tempo. Ele tinha a teoria de que os OVNIS e visitantes alienígenas poderiam também ser viajantes do tempo, de futuros mais distantes que o seu, que possuem máquinas do tempo superiores à sua.

Repentinamente, em março de 2001, as postagens de John Titor cessaram.

3. HOMEM ESTRANHO

Agora, observe essas imagens:



Desfolhando um livro impresso em 1974, Jamie D. Grant percebeu que há uma imagem estranha, surpreendente e sensacional.

O livro conta a história de uma pequena área geográfica entre o Canadá e os Estados Unidos, Cabo Scott. Este volume reúne fotos antigas e histórias da área, mas olhando com cuidado vocês podem ver que numa foto de 1917, no meio de muitas pessoas vestidas com as roupas da época, há um homem de camiseta e shorts, com um penteado moderno.

Pra quem não sabe, as camisetas eram usadas como peças intimas na época da Segunda Guerra Mundial, sendo implementadas no cotidiano como uma verdadeira peça de roupa na década de 70. Os shorts foram considerados como "roupas de baixo" até o século XX aproximadamente, mas ainda eram vistos com maus olhos pelos conservadores.


4. ANDREW CARLSSIN


Outra história de viajantes do tempo conta que um homem chamado Andrew Carlssin de 44 anos tinha sido preso pelo FBI por suspeita de fraude na bolsa de Valores. Ele havia ganho milhões de dólares em pouquíssimo tempo e isso chamou a atenção do FBI. Ao ser questionado, Carlssin revelou ser um viajante do tempo do ano de 2256 e que havia voltado para o ano de 2002. Conhecendo a história do período e ligado nas mudanças, usou isso para ganhar dinheiro na bolsa de valores. Para provar sua alegação, Carlssin forneceu algumas previsões corretas, tais como a data exata da invasão do Iraque pelos EUA. Ele também ofereceu-se a dar a localização de Osama Bin Laden e a cura da AIDS. Tudo o que ele quer é que permitam que volte ao futuro em sua "nave temporal".

Ainda segundo a história, apesar de não terem acreditado, as investigações do FBI não encontraram registros de nenhum Andrew Carlssim anteriores à 2002.

Então, a história de Carlssin parou por aí. De repente desapareceu e ninguém mais falou dele novamente. Nenhuma mídia quis falar disso outra vez.

Hoje, a SEC e o FBI, negam que eles tenham pego Carlssin. Na época, o advogado de Carlssin disse que eles deveriam se encontrar numa audiência no tribunal em 2 de abril de 2003, mas ele não apareceu, simplesmente desapareceu.

5. HAKAN NORDQVIST

Hakan Nordqvist, um jovem sueco alega ter passado por uma espécie de distorção temporal, após adentrar em um túnel descoberto por ele debaixo da pia de sua cozinha.

 Ele afirma que estava se preparando para ir trabalhar como de costume, quando notou uma grande quantidade de água saindo por debaixo da pia. Ele abriu o armário para ver a fonte do vazamento, e qual foi sua surpresa ao ver que havia um túnel de comprimento considerável, cujo qual ele decidiu, por curiosidade, aventurar-se. Ao seguir por toda a extensão do túnel, repentinamente, ele foi engolido por uma estranha luz que o levou de volta à sua cozinha. Imagine qual foi sua surpresa ao encontrar a si mesmo como um homem já mais velho. Ele tem até um vídeo que gravou de seu celular, para provar sua viagem:


6. O ESPECTADOR

Surgiu na internet uma foto vinda dos anos 40, na qual, numa olhada mais atenta, é possível perceber uma figura destoante do período, que parece ser alguém usando roupas modernas e aparentemente segurando uma câmera fotográfica. A fotografia foi tirada na reabertura da ponte de South Fork depois de uma inundação, é de novembro de 1940 e está em exposição online no Virtual Museum of Canada.


Vale lembrar também que os óculos de sol como conhecemos só surgiram na década de 70.

 É possível notar também o mesmo homem em outra foto, de uma perspectiva diferente, excluindo assim, a chance da foto ser uma mera montagem:

7 comentários:

  1. O cara da últina foto: hm,você parece ser da nossa época... Me ensine a viajar no tempo que eu lhe conto como será o fim do mundo c:

    ResponderExcluir
  2. Acredito , como a própria natureza nos mostra como exemplo de nossas vidas em diversas situações que até são comprovadas cientificamente , que nela própria deve existir naturalmente ,algum tipo de distorção no espaço tempo , que possa nos levar mais a frente com para traz no tempo , e com toda a certeza se não nos destruirmos antes , é só questão de tempo .....até que isso seja feito pelo próprio homem,assim como reduzir a distancia "buraco de minhoca " para viagens ao espaço desconhecido , não precisamos ser nenhum gênio para saber que principalmente as grandes nações como USA sabem e escondem muitas coisas que não sabemos .....e por falar em coisas impossíveis pra muitos , no ano passado uns cientistas conseguiram teletransportar um átomo a uma certa distancia......como sempre nunca mais se falou nisso e neles.....

    ResponderExcluir
  3. meu Deus eus será que é possível voltar no tempo?Queria muito viajar no tempo e mostrar as nossas tecnologias para as pessoas do passado.Tomara que essas histórias sejam verdade.Eu acho que a maquina do tempo já existe,más não há revelaram ao mundo ,pois seria muito perigoso,poderia mudar a história da humanidade.Como ilustrado filme De volta para o Futuro 2.

    ResponderExcluir